• Juliana Duarte

Veja aqui como acertar na escolha do rodapé

A escolha do rodapé a princípio pode parecer sem importância para você, mas o rodapé é um detalhe importante que complementa a decoração de um ambiente. Pode ser até que você nunca tenha parado para pensar sobre isso ou pode ser que você esteja em dúvida, por conta dos inúmeros modelos e materiais existentes no mercado hoje em dia. Mas hoje, nosso objetivo é te apresentar algumas opções bastante utilizadas como rodapés, mostrar a importância deste acabamento e ainda como ele pode inclusive, transformar um ambiente!

Rodapé branco com piso em madeira


A Função do rodapé não é só estética!


A função estética do rodapé é indiscutível, realmente existem modelos para todos os gostos, necessidades e bolsos mas não é apenas por este motivo que devemos pensar no rodapé com atenção. A principal função do rodapé é garantir um bom acabamento entre o encontro do piso instalado e as paredes do ambiente, mas ele tem também uma função bastante importante que é proteger as paredes contra os impactos durante a limpeza ou movimentação dos móveis. Por isso é tão importante a escolha de um material resistente, com boa durabilidade e que seja adequado ao local que você irá utilizá-lo.

Rodapé sendo pintado com a mesma cor utilizada nas paredes


A escolha do tamanho é importante


Hoje em dia existem muitas opções de modelos, tamanhos e materiais para os rodapés. Há algum tempo atrás o que era mais comum de ser utilizado era o rodapé de 7cm de altura, hoje em dia o mais comum é de 10cm à 15cm de altura. Mas isso não é uma regra, depende muito da impressão que você deseja dar ao ambiente, por exemplo, se o seu ambiente tiver um pé direito baixo, ou seja, se o teto é mais baixo que o normal, evite rodapés muito altos para não causar uma sensação de achatamento no ambiente. Ou se mesmo assim você quiser um rodapé mais alto, utilize ele da mesma cor que for pintada as paredes, assim essa sensação irá diminuir!

Rodapé branco com possivelmente 30cm de altura


Rodapé em porcelanato ou cerâmica


São rodapés feitos do próprio porcelanato ou cerâmica, ele pode ser cortado da própria peça que você já está utilizando no piso, com a altura que você preferir e o recorte pode ser feito na obra mesmo pela mão de obra que está executando a instalação do piso. Existem também as peças prontas que já vem recortadas em um tamanho pré-definido e que possuem um acabamento mais bacana, já que seu recorte é de fábrica.

DICA: Este tipo de rodapé só pode ser utilizado se o seu piso for de porcelanato ou cerâmica, pois como é necessário utilizar massa para sua instalação, a umidade deste material pode danificar pisos mais sensíveis.

Instalação do rodapé em porcelanato

Rodapé pronto de porcelanato em duas alturas diferentes


Rodapé em MDF


Este tipo de rodapé normalmente é oferecido pelas lojas como um acabamento ao piso laminado, neste caso o rodapé pode ser pedido no mesmo acabamento amadeirado que foi escolhido no piso. Existem também as opções brancas, que estão sendo bastante utilizados ultimamente. É importante ressaltar que poder ser em MDF, é um material que não tem boa resistência à água, por isso esse tipo de rodapé é indicado apenas para áreas que não terão contato com água (áreas secas), mesmo se você for utilizá-lo com um piso cerâmico ou porcelanato.

Alguns modelos de rodapé em MDF

Rodapé em MDF no mesmo acabamento do piso


Rodapé em poliestireno


Este é um material bastante resistente, imune a cupins e ao contrário do rodapé em MDF, este pode ser utilizado em ambientes úmidos, pois este material não estufa em contato com a água. Outra coisa muito bacana de ressaltar, é que o poliestireno é um material reciclado a partir de resíduos plásticos de dezenas de empresas que são recolhidos por cooperativas de catadores de lixo, ou seja, é um material que além de uma ótima resistência, ainda tem uma preocupação ambiental e social. Este tipo de rodapé possuí muitas variedades de modelos, alturas e cores para adequar a qualquer decoração e ele pode ser utilizado com qualquer tipo de piso. Para esse tipo de rodapé é importante ter uma mão de obra especializada para fazer uma boa instalação, pois para a sua instalação é necessário equipamento próprio para fazer os cortes com um bom acabamento.

Modelos de rodapé da marca Santa Luzia

Modelo de rodapé da marca Santa Luzia com piso em madeira


Superfícies curvas: Qual a solução?


Você precisa aplicar um rodapé em uma superfície curva, um pilar ou talvez a mureta de um jardim? Existem opções bem bacanas no mercado para atender à essa necessidade! Os rodapés flexíveis são produzidos em um material chamado E.V.A. (etileno Vinil Acetato) que é atóxico, resistente à umidade e imune a pragas e mofo, podendo assim ser aplicado em áreas secas e úmidas. Sua aplicação é bastante simples, e em algumas marcas pode ser aplicado com cola de contato.

Rodapé flexível em E.V.A. instalado


Quero trocar mas não quero “quebra-quebra”


E para quem quer apenas uma rápida mudança no ambiente, sem “quebra-quebra” ou grandes reformas, existe uma opção nova no mercado que é um rodapé em poliestireno feito exatamente para ser instalado por cima do seu rodapé já existente, sem que você precise removê-lo!

Rodapé da marca Santa Luzia, próprio para ser instalado por cima de rodapés existentes


Ficou tem mais alguma dúvida? Conte para a gente nos comentários ou nos envie um e-mail para contato@essaarquitetura.com.br e aproveite para deixar suas dúvidas e sugestões, elas podem virar um post aqui no blog!


Não se esqueça de nos ajudar a te conhecer melhor respondendo a nossa pesquisa!